Arquivo de janeiro de 2016
20 jan 2016

Como fazer um painel de recados com rolhas

6

A gente estava se despedindo lá em Paris. Era mesmo um dos últimos dias juntos com estes amigos mais que queridos que fizemos por lá. O casal também estava voltando ao Brasil, assim como a gente, com o fim do Doutorado Sanduíche. A gente pra Bahia e eles pra Pelotas. Daí surge uma sacolinha entupida de rolhas que eles não sabiam o que fazer… se deixavam por lá, se jogavam fora, mas essa, definitivamente não era uma boa ideia pra o monte de rolhas de vinhos, espumantes, champanhes que eles beberam ou nós também juntos 😀 Eram uns pedacinhos de ótimas lembranças da vida deles por lá, cada garrafa tinha sido aberta pra algo bom, o que aconteceu com muita frequência no tempo em Paris. Ainda bem.

Aí pedi pra mim. Prometi que faria algo e que entregaria aqui no Brasil. Ótimo pretexto pra gente se encontrar. Ou eles subiam pra Bahia ou a gente descia pro Sul. Então, lancei mão das rolhas e de uma moldura de quadro em Mdf. Comecei cortando cada uma na metade com um estilete bem afiado.

1

DICA

Se quiser cortar rolhas com maior facilidade, das duas, uma: ou você pode colocá-las de molho na água por 10 minutos, aí ela vai ficar mais molinha pra cortar. Ou então ferver água e na panela, colocar um escorredor de macarrão com as rolhas dentro. Deixar ali por 10 minutos, como se fosse cozinhas as rolhas no vapor. O vapor também vai amolecer as rolhas que ficam mais fáceis de serem cortadas.

Voltando. Depois de cortar as rolhas na metade, montei o desenho na base da moldura. Fui criando um desenho tipo “espinha de peixe” e comecei a colar pelo centro e deixando as rolhas sobrarem na lateral. Depois iria aparar as bordas.

2

Enquanto secavam, pintei a moldura com o amor de nós todos, a tinta em spray.

3

Depois, cortei os excessos das rolhas nas beiradas. Não me preocupei, porque as marcas do estilete iriam ficar cobertas pela moldura.

4

E prontinha! Painel com rolhas cheias de memórias pra afixar recados e lembranças.

7

Ah, antes que esqueça: nos espaços vazios entre uma rolha e outra, fui cortando pedaços das que sobraram no mesmo sentido do desenho e completei. Ainda preguei outro ganchinho pra ser usado também na vertical.

6

E conforme prometido, vou entregar este mimo pessoalmente: tô saindo de férias por alguns dias e vamos pra essa região que a gente adora, o sul do nosso país! E de lá, vamos pra outros lugares incríveis que claro, te conto. Se quiser acompanhar mais uma volta minha por esse mundão, chega aqui no Instagram, fica à vonts. Já já volto pra contar mais esta viagem, claro! E na volta, coisas boas nos esperam. Mesmo. Um beijo grande e peraí que eu volto!

 

18 jan 2016

Como fazer uma fruteira de parede com cestinhas de bicicleta

7

Entre as várias ideias que pensava (e de algumas, desistia) pra cozinha mini micro corredor, explorar as paredes definitivamente sempre esteve presente. É uma das opções mais buscadas pra espaços pequenos. Prateleiras, ganchos, nichos, organizadores… e porque não uma fruteira?

A inspiração veio há tempos quando estagiei em uma loja de design e conheci a marca Ethnix. Apaixonei! A marca trabalha com vários tipos de objetos de decoração. A cortina que tenho aqui e divide a cozinha da sala é dela, por exemplo, adoro, ótima qualidade e tecido fluído. Mas via também os cestos organizadores de metal pra cozinha, escritório e amava.

2

E vendo o programa Tempero de Família do Gnt, topo com mais uma cesto da Ethnix na cozinha do Rodrigo Hilbert. Ok, Rodrigo, cê é bonitão, mas tô de olho é na tua cozinha, dá licença… Daí nasceu a vontade de ter a minha espécie de fruteira.

1

Resolvi montar a minha que não, não se parece com esta no programa, mas é muito particular, quer coisa melhor? A gente criar, por nós mesmos, algo todo nosso? Pensei aqui e acolá e saiu assim:

1 – Ganhei uma ripa pequena de madeira da marcenaria que sempre vou com o tamanho ideal, 90cm. Já sabia em qual parede ia colocar a peça. A madeira é super maciça, pesada, deu mais trabalho pra furar que uma pínus ou Mdf, claro, mas saiu. Perâe que te dou uma dica que me deram. Aí depois, fui a uma loja que vende bicicletas e acessórios e comprei 3 cestinhas pra bike infantil. A tinta spray azul céu já tinha, foi a mesma que pintei o escorredor, lembra? Dei uma demão de leve sem tanta preocupação de cobrir tudo já que ia trabalhar com parafuso, furadeira e ia descascar de qualquer jeito.

3

2 – Peguei a pecinha que segura a cesta e já vem com ela, medi a posição de cada cesta e os furos e parafusei sem a cesta. Essa é a dica pra madeira muito grossa, dura. Furei tudo cem a cesta, pra “abrir caminho”.

4

3 – Outra dica: troquei os parafusos que vieram com a cestinha por um do mesmo tamanho, largura só que com ponta fina. É que os originais são sem ponta, aí pra furar e prega-los na madeira seria bemmm difícil. Depois disso, fixei as cestinhas com a ajuda desta pecinha que segura a cesta, não deixa ela ficar se movimentando.

5

6

4 – Depois daí reforcei a pintura, cobri onde ainda não tinha cor ou onde descascou.

7

5 – Antes de te mostrar como ficou, uma variação bem bacana que pensei é, se for usar esta peça com objetos mais leves, como garfos, facas, pano de prato, ou então lápis, papel, objetos pra um ateliê, quarto de brincar, etc… A gente pode substituir (Eu, a Bela Gil da Decor 😀 😀 😀 ) Sério, você pode substituir a madeira por um bastão de cortina e os parafusos por ganchos em “S”. As cestas ficam soltinhas, podem ser levadas pra onde quiser depois fixadas novamente. Mas é isso, só mesmo pra objetos não tão pesados.

8

6 – Voltando: já tinha furado as extremidades da madeira depois furei a parede da cozinha na altura entre os rejuntes porque não quis furar no meio da cerâmica. Ou ficaria nesta posição ou mais alto, acima do quadro de luz, o que não queria, porque esta pessoa que vos fala é dotada de apenas 1,66 de altura. E aí, ó! Adorei! Algumas frutas, verduras e legumes à mão, pertinho da bancada, da área onde a gente cozinha.

9

10

11

Espero que vocês tenham gostado! E foi super tranquila de fazer, as cestinhas fáceis de encontrar por um preço super bacana e agora tenho minha fruteira que pode virar organizador pra vários outros locais. Bjbj!

11 jan 2016

21 ideias com tinta spray

Eii gente! Tudo blz por aí? O primeiro post do ano na verdade, vale por 21! A danada da tinta spray é a salvação pra uma galera grande que trabalha com decoração. As variações são muitas e as possibilidades mil! A gente pinta madeira, plástico, ferro, tecido até pedra com este tipo de tinta e o que faz dela tão querida é, entre outras coisas, o acabamento, a facilidade, a secagem já que a camada é bem fininha… Só que o ideal é utilizar a tinta spray em ambientes abertos e usando proteção, máscara e óculos. Ela solta a chamada “nuvem”, uma poeirinha de tinta enquanto a gente usa e mancha bem o que está ao redor.  Aqui, infelizmente não tenho espaço, preciso forrar tuuudo até usar, por isso, prefiro pintar peças menores. Outra dica é pintar coisas pequenas dentro de uma caixa, aí a “nuvem” não espalha tanto.

Mas chega de papo e vamos olhar um bocado de ideia massa que juntei por aí e saí agrupando por materiais, ideias enfim… bora lá:

1 – MÓVEIS DE METAL

Cadeiras velhas ou qualquer outro móvel desse tipo fica bem com tinta spray. A tinta é recomendada pra este tipo de superfície porque o acabamento fica lisinho e cobre bem.

1

2 – ESCORREDOR DE PRATO VELHO

Lembra que te mostrei aqui no blog como dei uma nova cara ao meu escorredor de prato mó xinfrin? 😀 Peças assim, que ainda estão em condição de uso, mas estão gastas, arranhadas ou enferrujadas se salvam com uma ou duas demãos de tinta.

11

3 – LATINHAS

Super simples e com um efeito tão bom, hein? Latinha com tinta spray cobre + adesivo preto = hortinha identificada <3 Penso que o mesmo pode ser feito pra colocar lápis, outros materiais, maquiagem e etc.

4

4 – GAIOLA LUMINÁRIA

Tem uma gaiolinha por aí? Faz que nem eu: Só pintei com tinta spray e dentro coloquei um pisca velhinha à bateria que tinha. Mas velinhas, tanto de cera quanto de led também ficam lindas aí dentro.20

5 – PISCA-PISCA

Mais uma opção de incrementar as luminárias com tinta spray. Adorei o efeito que resulta apenas depois de pintar o cordão do pisca.

6

6 – POTES DE PLÁSTICO

Há a tinta spray especial para plástico e o efeito é mesmo muito bom. Assim como o metal, o plástico é escorregadio ficando super bem acabado com uma pintura em spray que com uma com rolinho.

7

7 – VASOS DE PLANTAS

Os de plástico ganham outra cara. E os de barro, é bom passar uma base branca antes de usar a tinta spray, já que este material é poroso.

17

8 – LETRAS DE BRINQUEDO

Mais uma opção com plástico: as letrinhas de brinquedo viraram douradas e podem ser imãs ou virar mesmo peça pra montar um quadrinho ou outro objeto de decoração.

9

9 – GAVETEIRO DE PLÁSTICO

Ô bichinho sem graça, mô pai… Mas nada como uma sprayzada pra salvar a vida deste indivíduo.

19

10- EFEITO GALVANIZADO

Uma borrifada de tinta prata, um pouquinho da branca e preta em uma cesta de plástico dessas de 1,99 e só. Nasce uma cesta galvanizada para colocar objetos e até bebidas.

21

11- BANCADA DE PIA

Jezuizzzz! Morri quando vi esta opção. Não conhecia a tinta spray com efeito de granito ou pedra! Nunca vi por aqui, mas quem já, avisa?

13

12 – PEDRAS

Ué, porque não, né? Olha como em dourado, as pedras compõem bem com as velas e se tornam um centro de mesa diferente pra uma ocasião especial.

5

13 – VASO DE VIDRO

O vasinho mais comum pra colocar flor vira um vaso todo cheio de bossa se pitando a metade com tinta spray. Há as especiais para vidro também.

16

14 – TAPETE ANTIGO

Criando um desenho com fita adesiva e aplicando tinta, o tapete velho renasce.

12

15 – FUTTON E ALMOFADAS

E o que dizer desse futton do sofá que ficou uma coisa liiinda com tinta spray??

8

16 – MOLDURA ANTIGA

Aqui no natal, não comprei nenhuma árvore. Quis aproveitar o que tinha e criar diferentes símbolos. Então, peguei uma moldura velha, pintei com tinta spray dourada e fiz esse cacho com bolas. Adorei! Ainda tenho molduras que estavam quebradas e hoje estão na parede em vermelho. Só colei tudo e apliquei tinta spray vermelha. Logo na foto abaixo. 10

17 – LETRAS DE PAPEL

Também já te mostrei aqui como fazer estas letrinhas e pintar tudo com tinta spray cobre, umas das minhas preferidas.

2

18 – ARTIGOS DE PALHA

Adorei o efeito da tinta na palha. Cestos, baldes e outros artigos ficam mesmo muito bom com a tinta e ainda protegidas da umidade.

3

19 – QUADROS DE TELA

Apenas um galhinho com folhas e tinta pra criar uma tela bem bacana.

22

20 – OBJETOS DE MADEIRA

Tá aí outro material que adoro pintar com tinta spray. Absorve e cobre bem. Este porta-lápis criei por aqui, bordei e pintei.

18

21 – ENFEITES 

Enfeites super sem pretensão, já usados, que sobraram de alguma festa ou criados com muito pouco ficam ótimos depois de pintados, ó:23

É isso, gente! Haja inspiração, hein? Pra gente começar 2016 criando muito, mas com muito pouco. Consumir de forma econômica e mais consciente e aproveitar pra dar vazão às ideias. Que bom poder começar os trabalhos do blog com este post super cheio de referências bacanas. Espero que vocês tenham gostado e prometo voltar com mais um material amado por nós: a madeira pínus <3

Um beijo e venha, 2016!